Tapurah: Escola Cândido Portinari faz apresentação do Projeto Trânsito na Escola

 

 

 

 

Na tarde desta terça feira 25/09, a Escola Estadual Cândido Portinari, realizou a apresentação do Projeto “Trânsito na Escola: Uma Questão de Direitos Humanos”; o evento contou com a participação dos alunos das séries inicias do ensino fundamental, juntamente com as professoras Rosemeire, Dulce, Eloisa, Márcia P., Fabiana, Renata, Evanilce e Devania.

 

Segundo a coordenadora do projeto Márcia Cristiana Neratka, os trabalhos começaram a ser desenvolvidos na escola, a partir de uma discussão com os professores, onde foi questionada a importância do enfoque sobre trânsito no ambiente escolar. “No início observamos a falta de cuidado dos alunos ao transitar pela escola. Paralelamente a essa problemática verificou-se a falta de socialização dos alunos em sala, além da dificuldade no contexto da leitura, escrita e oralidade” ressaltou Neratka.

 

O Projeto busca ainda, uma mudança na realidade do trânsito no Brasil, mostrando que os acidentes representam a principal causa de morte de crianças entre 0 a 14 anos. Segundo o Ministério da Saúde, cerca de 6 mil crianças até 14 anos morrem e 140 mil são hospitalizadas anualmente no país, representando 63 milhões de reais, gastos na rede do Sistema Único de Saúde (SUS).

Em nota a nossa redação, a diretora da Escola Cândido Portinari, Isabel Magni, falou sobre a repercussão do projeto, fazendo uma avaliação positiva, pois o mesmo contribui para formação da cidadania, onde as crianças aprendem desde cedo a respeitar o trânsito e a vida. Por esse motivo terá continuidade nos próximos anos.

 

 “Precisamos contribuir para criar a escola em que se pensa, em que se cria, em que se fala, em que se adivinha, a escola que apaixonadamente diz sim à vida” (Paulo Freire)

               

Fonte: Primeira Mão MT.