Policiais Militares do Batalhão de Proteção Ambiental de Várzea Grande prenderam quatro homens no Distrito da Guia por pesca predatória. Na ação, os militares também apreenderam seis redes, um remo, linhas de mão, anzóis e demais apetrechos de pesca.

As prisões ocorreram na última segunda-feira. Os suspeitos estavam às margens do rio Barra do Aguaçu. Todos os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia e multados em R$ 30 mil por pesca predatória.

Até o dia 31 de janeiro, a pesca está proibida nos rios de Mato Grosso porque é o período da Piracema, época da reprodução dos peixes. O Batalhão Ambiental tem feito patrulhamento terrestre e fluvial para combater este tipo de crime.

De acordo com a assessoria da PM, somente em 2017, a unidade militar apreendeu mais de cinco toneladas de pescado e 1.137 materiais de pesca.