A Polícia Militar recuperou, ontem de manhã, outra carga de defensivos agrícolas roubados. Cerca de 90 caixas e uma quantidade não confirmada de galões estavam escondidos em uma região de mata, nas proximidades do aeroporto. Segundo a PM todo o produto está avaliado em mais R$ 500 mil.

O Tenente Donizete Meza Júnior disse que uma parte dos produtos pertencem a um fazendeiro do município de Nova Fronteira, distrito de Tabaporã. Porém, deve haver outros proprietários. Os defensivos foram levados à delegacia de Polícia Civil para investigação. Não foi informado como os agrotóxicos foram localizados.

Conforme já informou, na última quinta-feira a polícia de Sorriso desarticulou parte de uma organização criminosa que roubava caminhonetes e defensivos agrícolas em fazendas na região. Foram apreendidos aproximadamente uma tonelada de agrotóxicos, uma Toyota Hilux branca roubada em Lucas do Rio Verde, uma GM S10 prata roubada em Tapurah, duas pistolas, um revólver, munições, rádios comunicadores e binóculos de visão noturna. Um homem, de 35 anos, tentou subornar policiais oferecendo R$ 40 mil para não ir para a cadeia mas acabou sendo preso, no bairro Rota do Sol. Ele é caminhoneiro. A polícia procura outros envolvidos.

Segundo o delegado Nilson Farias, os defensivos estão avaliados em mais de R$ 300 mil e foram roubados em uma fazenda em Nova Mutum, os criminosos teriam utilizados a Toyota Hillux branca para levar os agrotóxicos.

Nesta sábado, uma vítima, de 32 anos, procurou a delegacia de Polícia Civil em Sinop, e registrou um boletim de ocorrência informado que criminosos invadiram sua propriedade rural, localizada em Itaúba (100 quilômetros de Sinop) estouraram os cadeados dos depósitos e levaram mais de 1,1 mil quilos de veneno. O prejuízo passa dos R$ 145 mil.