Criminosos explodiram parte do muro da Penitenciária Regional Major Eldo de Sá Corrêa, a Mata Grande, em Rondonópolis nesta madrugada. A Explosão provocou buraco de cerca de 4 metros de diâmetro por onde 32 detentos do Raio 3 escaparam. Cinco já foram recapturados e duas pistolas e uma arma calibre 12 foram apreendidas.

De acordo com informações da Polícia Militar, os presos tiveram apoio de criminosos de fora da unidade prisional, que usaram dinamite para explodir o muro. Os bandidos que davam apoio do lado de fora do presídio trocaram tiros com agentes prisionais, e alguns foram detidos.

De acordo com o Agora MT, a polícia informou ainda que os nomes dos fugitivos serão divulgados assim que a contagem terminar. A busca aos outros 27 foragidos continua.