Apôs obras da MT-338 ficarem paralisadas cerca de seis anos, quando o então governador Silval Barbosa decidiu tirar os recursos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (FETHAB) destinado às obras de asfaltamento para investir nas obras da Copa do Mundo. E só então retomadas em 2016 pelo governo atual que reiniciou as obras “sem avançar na pavimentação”.

Os moradores de Tapurah e Itanhangá agora podem comemorar muito a liberação da obra para pavimentação asfáltica. Estas que havia sido retomadas na rodovia MT-338 no trecho entre o Distrito Ana Terra (Tapurah) e o município de Itanhangá no início do mês de abril pela empresa Guaxe, há qual trabalhou no trecho em três frentes diferentes para acelerar a terraplanagem dos 16,5 quilômetros que faltava para ligar os municípios de Tapurah e Itanhangá.

Conforme havia informado o encarregado da obra por Francisco Galvão, a previsão de entrega que era de quatro meses, porém devido algumas questões administrativas e com algumas semanas de atraso, o rodovia está liberada para pavimentação, isso graças ao emprenho de toda equipe que trabalharam na sub-base, subleito e capa asfáltica com total responsabilidade.

Cabe agora algumas obras de recapeamento em trecho esburacados provocados pelo desgaste em uso na rodovia, esta que até o momento ainda não foi confirmada e autorizada pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (SINFRA). Mas que possivelmente em breve, estará regulamentada, proporcionando um transito seguro entre Tapurah e Itanhangá.