A decisão do governo da Índia em proibir a comercialização de gado para abate em todo o país deve mexer com o mercado pecuário mundial nos próximos meses. A avaliação foi divulgada, ontem, em boletim do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Segundo os especialistas, a Índia se qualifica atualmente como o quarto maior produtor e maior exportador de proteína bovina/bubalina do mundo. “Ainda que a maioria de sua produção advenha de búfalos, uma interrupção total em sua linha de produção afetaria não só a oferta mundial de carne bovina em todo o mundo, como também a indústria dos subprodutos, como o couro”.

Para o Imea, mesmo com todos os problemas na pecuária brasileira, “o pecuarista deve ficar de olho na Índia, pois novidades de lá podem afetar o mercado mundial de carne”.