Um absurdo. É assim que definimos este caso que chocou a comunidade de Brasnorte, no Mato Grosso. Uma ambulância daquele município trouxe um paciente para ser submetidos a exames em Juína na madrugada desta terça-feira, dia 6, mas perdeu o mesmo a 18 km de Brasnorte. Com a queda, o idoso sofreu traumatismo craneano grave, uma hora depois da queda, o Samu socorreu a vítima e levou para o hospital, ele foi entubado e depois trazido novamente para Juína em estado grave.

Castor Sousa Mercantes, 68, não resistiu e veio óbito, conforme o médico da UPA 24 horas, José Parada, o paciente chegou sem sinais vitais. Ele relatou ainda que o paciente veio a Juína para ser submetido a uma tomografia porque havia suspeita de AVC.

O filho da vítima Ademilson da Costa Mercantes, estava abalado e disse que recebeu a informação da equipe médica em Brasnorte de que seu pai abriu as portas da ambulância e pulou na rodovia, fato que ele diz não acreditar.

O corpo do idoso permanece no necrotério da UPA e aguarda autorização do delegado de polícia de Brasnorte, para que seja realizado o exame de necropsia.

A Polícia Civil deverá investigar o caso e de acordo com informações da Rede TV de Brasnorte, o Ministério Público Estadual, também vai apurar o que ocorreu.