O senador José Medeiros (PSD-MT) cobrou do governo a liberação de recursos para a conclusão das obras de duplicação da BR-163, importante para o seu estado, que responde por 27% da produção agrícola nacional.

Segundo o senador, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) financiaria a obra, mas como a Odebrecht, uma das envolvidas na Operação Lava Jato, compõe o Rota Oeste, consórcio que venceu a licitação para explorar a rodovia, o dinheiro não foi liberado.

Isso, na opinião de José Medeiros, prejudica não só o estado, mas quem trafega pela BR-163 e sofre com a insegurança da rodovia, na qual, até pouco tempo, eram registradas 280 mortes por ano.

– O senador Medeiros está defendendo a Odebrecht? Não, eu estou defendendo o estado de Mato Grosso. Nós precisamos dessa rodovia asfaltada. Se não querem a Odebrecht, que troquem, que se possa fazer a caducidade ou seja lá o que for desse contrato, mas nós precisamos da rodovia. Eu vejo como meio mais fácil a liberação do dinheiro para quem está lá, porque, se for fazer outra licitação, vai demorar mais uns três anos – disse o senador.