Uma bola de fogo gigante foi vista no céu do Vale do Araguaia na tarde de quinta-feira (27). Segundo informações do site Interativa, o objeto foi visto no final da tarde e vários moradores foram testemunha do fenômeno.

Segundo o amante dos estudos astronômicos Cacio Winter, da cidade de Querência, o objeto estranho é um meteoro. Ele explica que ao entrar em contato com a atmosfera terrestre, o meteoro incendeia. “Ele começa a ser destruído assim que entram nas camadas mais altas da atmosfera, mas a 100 quilômetros de altitude é que eles pegam fogo”, comentou.

Winter disse que viu o objeto luminoso por cerca de 10 segundos. Pela coloração esverdeada, ele acredita que o meteoro seja composto de magnésio. “O meteoro foi visto desde Barra do Garças até Confresa”, afirmou.

Em Nova Xavantina, ninguém comentou o caso; porém, nas cidades de Ribeirão Cascalheira, Confresa e Água Boa, houve relatos de internautas desesperados querendo saber o que era o objeto no céu.

Outra versão

Também há rumores de que o objeto não identificado visto nos céus da região do Vale do Aragauaia pode ser um balão do Google. Pra quem não sabe, o Google tem um projeto chamado Loon, que é uma rede de balões na estratosfera com o objetivo de estender a conectividade banda larga de internet para pessoas em áreas rurais, remotas em todo o mundo.

Na tarde de hoje, 27, pontos luminosos no céu da cidade de Manaus – AM causaram curiosidades em moradores. No dia 05/04 um balão deste mesmo projeto caiu no norte do Piauí ao bater em um morro, causando uma forte explosão, segundo moradores. No dia 17 de fevereiro outro balão caiu na mesma região de Piauí.

Em nota oficial divulgada na época, a X, empresa pertencente a Alphabet que também é responsável pelo Google, diz ainda que não houve queda e nem explosão, mas sim uma descida programada. “Após uma rotina de pesquisa e testes de voo, coordenamos com o controle de tráfego aéreo local o gerenciamento da descida segura e lenta do balão na cidade São João da Serra, Norte do Piauí”, diz a nota.

O site de rastreamento de voos Flight Radar 24 mostra os pontos que tratam ser balões, e na região de Ribeirão Cascalheira é trajeto desses ‘pontos’, como mostrado nas imagens.