A partir deste domingo, os motoristas que percorrerem os 110 quilômetros da MT-130, entre Rondonópolis e Primavera do Leste, vão pagar 6,29% mais caro pelo pedágio. Este trecho da rodovia estadual conduz à BR-070, em Primavera do Leste. A tarifa atual varia de R$ 8,20 a R$ 73,80, dependendo do porte do veículo, e subirá para R$ 8,75 a R$ 78,44.

O reajuste foi aprovado pela Agência de Regulação do Serviços Públicos Delegados do Estado de Mato Grosso (Ager-MT), no fim de janeiro. A Morro da Mesa Concessionária, que administra o trecho desde 2011, esclarece por meio de assessoria de comunicação que este é o 3º reajuste pelo qual passa a tarifa do pedágio na região. Os novos valores foram calculados de acordo com o acumulado de janeiro a dezembro de 2016, do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Para o diretor do Movimento dos Transportadores de Grãos em Mato Grosso (MTG-MT), Gilson Baitaca, o reajuste é abusivo em tempos de crise econômica. “Para nós caminhoneiros é muito oneroso porque estamos trabalhando com frete defasado há praticamente uma década. Outro problema é que não temos condições de repassar este valor para o frete, porque não somos nós quem definimos isso. Por isso repudiamos este reajuste”.

A concessionária acrescenta que o reajuste está previsto no contrato de concessão de exploração da rodovia e só é concedido após uma análise econômica sobre o impacto.

A tarifa de pedágio cobrada nas praças da MT-130, entre os municípios de Rondonópolis e Primavera do Leste, a 218 km e 239 km de Cuiabá, respectivamente, deve ficar mais cara a partir deste domingo (5).

De acordo com a Morro da Mesa, concessionária que administra o trecho da rodovia, o reajuste foi autorizado pela Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Mato Grosso (Ager). O aumento foi publicado no Diário Oficial do estado.

O maior aumento no preço da tarifa será cobrado para a liberação de carros de passeio e veículos com eixo comercial, que passa a ser de R$ 8,75.  Atualmente o valor é de R$ 8,20. Já para motocicletas, o preço do pedágio sobe de R$ 4,10 para R$ 4,35.

Os aumentos passam a vigora a partir da 0h [horário de Mato Grosso] do próximo domingo (5).

Os novos valores foram calculados de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplos (IPCA) e leva em conta a correção da inflação. O pedágio, segundo a concessionária, é usado para obras de manutenção, conservação e modernização da rodovia.