Jovem, Ex-moradora de Tapurah, é presa em São José do Rio Claro.

1579

Durante patrulhamento ostensivo da Operação Bairro Seguro, um homem com mandado de prisão aberto foi detido na manhã desta sexta-feira (17) no Anel Viário, seguindo a MT-010, em São José do Rio Claro, a 315 quilômetros a Médio-norte de Cuiabá.

Segundo informações dos policiais militares, Lucas Nascimento de Lima “Capacete” (18), que tem passagens por crimes diversos, confessou o assalto de uma farmácia, tráfico de entorpecentes e o roubo de uma residência, de onde levara grande quantia em cheques, joias, um cofre e uma camionete, parte dessas recuperada.

O jovem foi visto na manhã do dia anterior (16) nas proximidades de um bar conhecido como Pé de Bixo, no Jardim Rio Claro. Após denúncia anônima, a equipe militar foi até o local e identificou o infrator.

O mesmo teria corrido ao avistar a ação, entrou em uma quitinete, pulou o muro e fugiu. Contudo, os policiais revistaram a residência onde haviam pessoas em atitudes suspeitas, encontraram uma bolsa contendo roupas, documentos pessoais de Lucas e um simulacro de arma de fogo.

Havia diversos objetos sem nota fiscal ou comprovantes de compra, entre as quais uma motocicleta modelo Bros, uma televisão, cerca de oito celulares, caixa amplificada, botijão de gás, aparelho receptor, quatro relógios e documentos variados de terceiros.

Os artigos foram apreendidos e o grupo, composto por Deycilene dos Santos Silva, Paulo de Almeida Canica e Willian Nogueira da Silva, encaminhado à Delegacia Judiciária Civil. Na revista pessoal uma quantia de R$ 975,00 estava escondida no sutiã da jovem.

Ao confeccionarem o Boletim de Ocorrências (B.O.), compareceu uma das vítimas que reconheceu seu relógio, a qual havia registrado o furto anteriormente.

Participaram da ação os policiais militares Diego Fernando Amâncio, Fernando Henrique de Souza Moura, Soldados Rubner Velozo de Paula, Nivaldo Evangelista da Costa Junior, com apoio dos Sargentos Valdir e Amarildo Arquaz. Os detidos respondem por outros crimes e ficarão à disposição da justiça para as providências cabíveis.