Pai de Santo incorporadoNa madrugada deste domingo (22), depois de sair de bar com um suposto ‘pai de santo’, mulher de 36 anos foi ameaçada, agredida e precisou procurar a polícia. O homem levou a vítima até a casa dele, onde tentou estuprá-la e dizia estar incorporado por uma entidade.

De acordo com o registro feito na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) em Campo Grande, a vítima estava em um bar no Bairro Amambai, com amigos. Um dos amigos a apresentou para Jeferson e os dois começaram a dançar juntos, quando o homem contou a ela que é pai de santo.

Conforme relato da mulher, o suspeito disse que ela precisava fazer uma limpeza espiritual e a convenceu a conhecer a casa dele, que ficava nas proximidades do bar. A vítima acompanhou o homem e entrou na casa dele. Após passarem por um matagal no quintal, nos fundos da casa, o homem começou a agarrar a vítima a força, a segurou pelo pescoço, a derrubou e disse “Ou você dá ou morre”.

Após a ameaça, a vítima conseguiu fugir correndo do local, gritando por socorro. Ela contou para a polícia que o homem ainda saiu da casa e ficou com a cabeça abaixada, dizendo que estava “incorporado por uma entidade”. A vítima foi até a delegacia e tinha ferimentos pelo corpo por conta das agressões.

O caso foi registrado como lesão corporal dolosa e será investigado pela Polícia Civil.