motorclubApós o Ministério Publico Estadual abrir inquérito para investigar um suposto repasse de R$ 500 mil, da Prefeitura Municipal de Lucas do Rio Verde para a Associação Filantrópica de Esportes Motorizados, Cultura e Afins. Os membros do MotorClub divulgaram nota esclarecendo que nenhum repasse foi realizado.

“No final do ano passado, a Câmara de Vereadores chegou a aprovar um repasse financeiro para a entidade, da ordem de R$ 500 mil. A solicitação foi feita através de uma emenda parlamentar ao Orçamento do Município. Porém esse recurso não foi repassado. A destinação depende de análise nas finanças do município, que vive um momento de transição” afirma a nota.

O vereador Airton Callai, autor do projeto, explica que uma emenda parlamentar é uma indicação feita pelo Poder Legislativo de onde o Executivo pode investir determinado recurso, desde que aprovado dentro do orçamento para o ano seguinte.

“Não foi repassado nenhum valor ao Motor Club. Foi feito uma emenda destinando recursos a instituição, assim como fazemos com dezenas de outras que prestam serviços no município. No entanto, é o prefeito que determina se destina ou não o valor” disse ele.

Ainda segundo a nota da Associação, os eventos esportivos realizado pela entidade, nunca receberam recursos e ajuda do poder público municipal.

“A Associação apesar de vários ofícios enviados ao Poder Público, nunca houve aporte financeiro, desde sua fundação. Sempre que a entidade organiza um evento, que acaba agregando esportistas de todo o estado de Mato Grosso, os diretores saem em busca de patrocínio no comércio” esclarece a nota.

O Ministério Público questionou a destinação do recurso a associação, após denúncia da OAB de Lucas do Rio Verde, analisar que em recente entrevista do atual prefeito Luiz Binotti, ele teria afirmado que o município “passa por dificuldades financeiras que foram deixadas pelo gestor passado”.

O MotorClub foi criado no ano de 2008 e conta hoje com 153 membros associados. A entidade trabalha na organização de eventos esportivos e ações sociais.

Na mesma emenda há indicação de repasses para outras entidades:

Ampliação e reforma do Estádio Municipal Passo das Emas – R$ 1,5 milhão

Pavimentação do Setor 11 – R$ R$ 1 milhão

Associação Terapêutica Portal da Sobriedade – R$ 240 mil 

Apae – aumento no repasse em R$ 195 mil

Ampliação da Praça do Bairro Menino Deus – R$ 180 mil

Acolhida Bom Samaritano – R$ 180 mil

Comunidade Groslândia – R$ 150 mil

Comunidade São Cristóvão – R$ 150 mil

Centro Espírita O Consolador – R$ 60 mil

Comunidade de Itambiquara – R$ 36 mil