Um cabeleireiro escocês de 26 anos foi preso sob acusação de ter transmitido o vírus da Aids para diversos homens gays sem que eles soubessem ao risco que estavam se expondo. Daryll Rowe teria contraído o vírus ao fazer sexo sem proteção com um homem infectado.

Depois de descobrir a doença, ele decidiu se “vingar” transmitindo o vírus para homens insuspeitos sem que eles soubessem. Em um período de três meses, o cabeleireiro dormiu com oito homens, infectando sete deles com o vírus, cuja cura não foi descoberta até hoje.


Ele foi preso com sete acusações de lesão corporal grave. Os policiais de Edimburgo pedem que qualquer homem que tenha tido um relacionamento com Rowe se apresente e faça o teste.