Segunda etapa de vacinação em Mato grosso encerra na próxima quarta-feira, dia 30

9

A campanha de vacinação contra febre aftosa será encerrada na próxima quarta-feira (30.11). Nesta etapa é obrigatória a vacinação de todo o rebanho bovino e bubalino, de mamando a caducando, e a previsão é imunizar 29,3 milhões de cabeças em todo o Estado. A comunicação da imunização dos animais deve ser feita até o dia 12 de dezembro, nos escritórios do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea). Propriedades localizadas na região do Baixo Pantanal têm até 15 de dezembro para fazer a comunicação.

Até o dia 20 de novembro, apenas 21,61% das propriedades envolvidas na etapa realizaram a comunicação da imunização do rebanho junto ao Indea, o que representa 23 mil das mais 105 mil propriedades cadastradas no instituto. O rebanho das propriedades que já comunicaram a vacinação compreende em torno de 6 milhões de bovinos.

Para dar mais agilidade ao processo, o instituto está realizando o registro da comunicação online, em propriedades localizadas em assentamentos e comunidades rurais. O trabalho é realizado em 36 municípios. A intenção é facilitar a vida do pequeno produtor, que muitas vezes tem dificuldade para se deslocar até uma unidade do Indea.

Na comunicação da vacinação, o produtor precisa apresentar a nota fiscal da compra das vacinas e a relação dos animais imunizados. O produtor que atrasar a comunicação fica impossibilitado de emitir a Guia de Trânsito Animal (GTA) por um período mínimo de 30 dias. A multa para quem deixar de vacinar o rebanho dentro do período da campanha é de 2,25 em UPF (Unidade Padrão de Fiscal) por cabeça de gado não vacinado.

Brucelose

A segunda etapa da campanha contra brucelose segue até 31 de dezembro. A vacinação precisa ser feita uma única vez nas fêmeas com idade de 3 a 8 meses.  É proibida a vacinação em machos de qualquer idade e de fêmeas com idade superior a 8 meses. As bezerras deverão receber a marca com a letra V, acompanhada do algarismo final do ano da vacinação, por exemplo: V6. A vacinação deve ser feita por médico veterinário ou vacinador sob sua supervisão.