Núcleo de Sorriso realiza Estradeiro Municipal

9

pontes sorrisoO Núcleo da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) de Sorriso e o Sindicato Rural do município realizaram na semana passada o primeiro Estradeiro Municipal do ano. Para dar agilidade, a comitiva se dividiu em seis equipes.

Os grupos, por sua vez, percorreram as principais vias municipais e estaduais de escoamento de grãos da região, totalizando cerca de 2 mil quilômetros. As comunidades foram: Barreiro, Tropical, Pontal do Verde, Morocó, Boa Esperança e Vale do Rio Celeste.

Além dos produtores rurais, estiveram na comitiva o atual secretário municipal de Transporte, Valdocy Fernandez da Silva, o futuro secretário da pasta, Leonir Capitanio, e também o futuro prefeito de Sorriso, Ari Lafin.

A principal preocupação do grupo, de acordo com o delegado da Aprosoja em Sorriso, Pablo Filipetto, são as pontes.

“Estive na região do Vale do Rio Celeste e o que percebemos é que alguns trechos das vias que passamos precisa passar cascalho, mas o principal problema realmente são as pontes. E não apenas por onde percorri. Eu não sei se algumas das pontes que eu e os outros grupos passamos aguentarão o fluxo de carretas quando o escoamento começar”, alerta.

O ponto positivo do Estradeiro, segundo o delegado coordenador de Sorriso, Rodrigo Pozzobon, foi a presença da iniciativa pública.

“As pontes, de fato, vão dar transtornos para a safra. O importante é que os secretários e futuro prefeito estiveram conosco e puderam ter noção do que podem fazer no próximo ano. Algumas atividades são simples, como limpar os bueiros. Outro ponto é que a ida do Núcleo também fundamenta nossas reuniões e pedidos de ações via Conselho do Fethab”, avalia.