Quadrilha especializada em roubo e tráfico é desarticulada em Lucas do Rio Verde

204

phpThumbSete pessoas acusadas de integrar uma quadrilha envolvida em roubos de veículos e tráfico de drogas foram presas em uma ação conjunta da Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar, realizada nesta sexta-feira (23.09), em Lucas do Rio Verde (354 km a Médio-Norte). A ação que desarticulou o grupo criminoso e recuperou um veículo roubado integra a operação Brasil Central Seguro deflagrada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

Quatro adultos e três menores de idade tiveram participação identificada na atuação da quadrilha. Entre os acusados de integrar o grupo estão, Rodrigo de Lara Abreu, 30, Benedito Gomes de Moraes, 25, Jaci Francisca de Souza, 59, Igor Santos Guimarães, 19 e os adolescentes, A. S. G., C. W. P., 17 e D. A. P. M., 16. Segundo a Polícia, a quadrilha agia em roubos de veículos que eram trocados por drogas na Bolívia.

As investigações iniciaram há alguns meses, após a Polícia Civil e a Polícia Militar receber denúncias de que na República Guaíra, no bairro Rio Verde, funcionava um ponto de venda de drogas, comandado por um casal de traficantes.

Durante as investigações, os policiais receberam a informação de que os traficantes estavam articulando o roubo de uma caminhonete, envolvendo dois maiores de idade e dois menores. Segundo a denúncia, o veículo seria levado Cuiabá e posteriormente seguiria para Bolívia para ser trocado por entorpecentes.

Na noite de quinta-feira (22), os criminosos roubaram uma caminhonete S-10, no pátio de um posto de combustível, sendo os policiais imediatamente acionados do crime. Com base nas informações, policiais civis e militares montaram equipes com objetivo de identificar os suspeitos.

Durante as diligências, os policiais foram informados de que uma caminhonete com características semelhantes ao do veículo roubado tinha entrado em direção a região conhecida como “Recanto dos Macucos”. As equipes se deslocaram para região, onde flagraram três dos suspeitos saindo de um matagal.

Eles entraram em um táxi e nas imediações da República Guaíra foram abordados pela equipe de investigadores, sendo constatado se tratar dos menores A. S. G. e C. W. P. e do acusado Benedito. Questionados, imediatamente os adolescentes confessaram a participação no roubo e que o veículo estava realmente escondido no Recanto dos Macucos.

Em continuidade as investigações, outra equipe deteve o suspeito, Rodrigo que confessou que guiaria o veículo até a fronteira em companhia da menor A. Segundo o delegado, Rafael Mendes Scatolon, a adolescente A. tem envolvimentos anteriores com o tráfico de drogas, tendo sido apreendida há cerca de 30 dias, com 17 quilos de entorpecente.

Em outro trabalho de monitoramento, policiais flagraram quando a suspeita Jaci e o menor D.A. P. M. chegaram de bicicleta em um supermercado, chamando por Igor. O suspeito estava com a arma de fogo usada no roubo do veículo e a entregou para o menor D., que saiu em direção ao matagal.

Na tentativa de abordagem do adolescente, ele abandou a bicicleta e efetuou dois disparos contra os policiais, mas durante a perseguição abandonou a arma em um local escuro e acabou detido. Os suspeitos Jaci e Igor seguiram para República Guaíra, onde foram surpreendidos por uma equipe de policiais.

Igor tentou fugir, mas quando detido confessou a participação no roubo. Jaci e o menor D. tinham a função de esconder os suspeitos e a arma.

Todos foram conduzidos a Delegacia de Lucas de Rio Verde. Os maiores de idade foram autuados em flagrante pelos crimes de roubo majorado, associação criminosa, porte de arma de fogo e corrupção de menores e conduzidos ao Centro de Detenção Provisória.

Os adolescentes foram autuados pelo ato infracional de roubo majorado, porte de arma e associação criminosa e encaminhados para Vara da Infância e Juventu